O que é inbound marketing?

A definição do inbound marketing é considerada como uma estratégia que consiste criar um conteúdo exclusivo, abordando assuntos epecíficos sobre algum tipo de produto ou sobre a utilidade e benefícios de algum tipo de serviço com o objetivo de atrair clientes para o site de sua empresa.

A metodologia do inbound marketing é composta de 4 etapas, que combinam técnicas de marketing e métodos comerciais (mídias sociais, conferências, eventos etc). O foco principal é conquistar visitantes para seu site internet, engajar um relacionamento de confiança com seu público-alvo e transformá-los em potenciais clientes da marca dos produtos comercializados pela sua empresa.

Porque as técnicas de inbound marketing funcionam?

Antigamente, existia aquele hábito de as pessoas saírem andando pelas ruas fazendo pesquisas durante horas e muitas vezes, não conseguiam satisfazer seus desejos, mas desde alguns anos, o comportamento de compras mudou. Eles poder ser visitantes, consumidores, utilizadores, compradores etc. Eles sempre usam a internet para fazer pesquisas de produtos, antes de concluir suas compras. Essa nova maneira de acessar as informações, oferece oportunidades de estar visível diante de potenciais clientes.

Estratégias inovadoras são atualizadas e revisadas frequentemente para atrair completamente a atenção dos prospects (possíveis clientes). Contrariamente aqueles velhos métodos de empurrar propagandas e inundando as pessoas com campanhas publicitárias, O inbound marketing proporciona nitidamente a possibilidade de ganhar audiência naturalmente, graças ao valor das informações contidas nas páginas de conteúdo que são especificamente dedicadas para atender as necessidades ou as problemáticas dos clientes.

Inbound Markarting

ATRAÇÃO

Atrair visitantes, muitos visitantes! 😉 A atração é a primeira etapa da metodologia do inbound marketing. A finalidade dessa fase é reforçar a visibilidade de sua empresa diante do seu público-alvo, aplicando a técnica do compartilhamento de um conteúdo único para atrair visitantes que são suspeitos (suspects) de estarem interessados pelos seus produtos.

Como você faz isso? Existem 3 estratégias à serem privilegiadas nesta etapa de atração:

  • Criar conteúdo para um blog.
  • Otimizar o SEO do conteúdo editorial.
  • Lançamento de campanhas segmentadas no Google Adwords e no Facebook.
  • Estar ativo nas redes sociais (Facebook orgânico e Facebook Ads) e acompanhando o desempenho do comprometimento das pessoas em suas publicações e analisar os tipos de ações de engajamentos de seus seguidores em suas postagens.

Simplificando, a primeira fase do processo do inbound marketing é transformar “estranhos” em visitantes potencialmente interessados pelos seus produtos e para essa “fórmula mágica” dar certo, é preciso criar uma buyer persona. Mas afinal, o que é uma buyer persona?

A Buyer persona é simplesmente um perfil imaginário que simula um cliente ideal para os negócios de sua empresa, auxiliando na compreensão analítica e também, para identificar quem é o cliente e saber do que ele realmente precisa.

ENGAJAMENTO

É o momento certo para estabelecer um relacionamento de confiança com os prospects. Chamamos essa etapa de “O poder da identificação pela lei da reciprocidade”.
Poder transformar visitantes em pessoas interessadas é um grande passo para a validação de vendas online.

A utilização de um formulário de contato permite coletar informações relativas aos prospects (nome, sobrenome, endereço, estado civil, cargo de trabalho, telefone, e-mail etc) colocando gratuitamente à disposição dos visitantes, um conteúdo único de livre acesso disponível para downloads, São informações vitais para sua empresa poder finalmente colocar em prática o processo de identificação do potencial cliente.

A metodologia de ação do engajamento é dividida em 3 partes:

  • Criar conteúdos relevantes e específicos (landing pages | e-books | catálogos de produtos | livro de receitas | Manuel de instruções etc.)
  • Criar vídeos e divulgar nas plataformas de divulgação de vídeo. Exemplo: YouTube, Vimeo, Dailymotion etc.
  • Disponibilizar livre acesso de conteúdo no seu site internet.
  • Propor a opção de downloads gratuitos, após o preenchimento do formulário.

CONCLUIR > Converter prospects em clientes.

A terceira etapa do inbound marketing é a transformação. Você conseguiu despertar o interesse das pessoas, conseguiu atrair visitantes para o site de sua empresa e engajou um relacionamento de confiança com os prospects. Muitos desses visitantes fizeram downloads de conteúdos no seu website, após o procedimento de preenchimento de formulários. Essas informações permitem criar um banco de dados (portfólio cliente) que vão ajudar você a identificar e qualificar esses prospects interessados pelos seus produtos.

O fornecimento de conteúdo exclusivamente criado para a apresentação de seus produtos, indicando sua utilidade, valor, benefícios, modo de utilização etc., podemos analisar a reação dos prospects e determinar se é o momento certo de entrar em contato com eles.

Colocamos 3 pontos importantes para facilitar a sua tomada de decisão.

  • Enviar conteúdo relativo aos seus produtos por e-mail > E-mail marketing automatizado
  • Analisar o nível de interesse que eles dão ao conteúdo.
  • Fazer contato por telefone para extrair informações mais específicas sobre as necessidades deles.

FIDELIZAR > Construir uma relação durável.

Uma pequena recomendação de uma amigo ou de alguma outra pessoa de confiança é definitivamente mais importante que qualquer argumento publicitário sobre um denominado produto, não é mesmo?

É relevante lembrar, que os clientes possuem uma “função” fundamental dentro do inbound marketing. A satisfação dos seus clientes relacionada a qualidade dos seus produtos e/ou serviços, gera uma grande ação de difusão de informações (buzz marketing) sobre as soluções dos seus produtos e um forte engajamento de compartilhamento nas redes sociais, que vai atrair ainda mais suspects, mais prospects, mais clientes para o site de sua empresa.

Não importa quem são (suspects, prospects, clientes, consumidores, visitantes, internautas etc.), onde moram ou o que estão fazendo. O que realmente importa é que eles fazem o sucesso de sua empresa!